Simone Mendes afirma que foi presa nos Estados Unidos: 'Colocaram algemas'

Simone Mendes armou que já foi presa nos Estados Unidos devido a uma confusão por causa de seu passaporte no departamento de imigração. Segundo a cantora, o caso ocorreu na época em que ela, junto com a irmã Simaria Mendes, trabalhavam na banda de Frank Aguiar. "Colocaram algemas na minha mão e na cintura", relatou a artista nesta sexta-feira (7), em seu canal no YouTube.

"Quando eu cantava com o Frank Aguiar, junto com a minha irmã, nós fomos fazer um show nos Estados Unidos. Maravilha, turnê nos Estados Unidos, beleza. Chegando lá, não tem a entrevista que você faz com a polícia? Pois bem, aí desconaram que meu passaporte era roubado. Me mandaram para uma sala e começaram a me investigar", relembrou a jurada do The Voice Kids.

Em seguida, ela criticou a conduta utilizada pelos ociais norte-americanos: "Não me deixaram próxima ao Frank e a ninguém da banda. Já colocaram algemas nas minhas mãos e na minha cintura. Problema de lá é que eles fazem uma pressão psicológica para você assumir algo que você não fez. Eles falavam: 'Se você assumir que fez isso, você volta para o Brasil. Se não, nunca mais vai ver seus pais'".

"Era muito jovem, então você imagina o desespero, o choro. Agora lascou, o que vou fazer da minha vida? Me levaram para fazer uma raspagem dos dentes para saber minha idade, quei presa com os muçulmanos durante, pelo menos, umas 12 horas. A polícia tinha que ir até o banheiro comigo, a policial feminina. Enm, foi uma situação muito complicada, o dia que mais chorei na minha vida", desabafou.

Simone explicou que, após o período em que cou presa, os ociais conrmaram a veracidade do passaporte e a liberaram. "Eu falei: 'Não vou mais car aqui nesse lugar, eu quero ir embora'. Pedi pelo amor de Deus para o rapaz que trabalhava, foi muito torturante o que eu vivi ali. Fui embora e, depois de um tempo, ele falou que tínhamos que voltar para os Estados Unidos para fazer esse show", explicou ela.

"Me bateu o desespero, voltamos para os Estados Unidos, mas foi tudo perfeito, maravilhoso. Foi uma viagem tão incrível que eu apaguei da memória tudo o que eu vivi naquele dia", comemorou a coleguinha no nal do relato